De onde vem a nossa comida?

A sustentabilidade do sistema agroalimentar está relacionada aos modos de produzir, comer e viver

Recorte colagem manual coletiva durante encontro
Recorte colagem manual coletiva durante encontro

O atual modelo,  industrializado e global, tende a não considerar o território, a cultura e as pessoas do lugar, reforçando desigualdades e injustiças, tanto no campo e na cidade. O alimento, que é direito, aparece como mercadoria. Com isso, as escolhas alimentares ficam restritas a produtos alimentícios ultraprocessados, fabricados com alto teor de sal, açúcar, gordura e aditivos químicos. Esses produtos vêm de uma produção agrícola comercial, à base de sementes transgênicas (como soja e milho) e uso intensivo de agrotóxicos. O Brasil é maior consumidor de agrotóxicos no mundo.

Por ano, são ingeridos 1 bilhão de litros de herbicidas, pesticidas e fungicidas, presentes nos alimentos, segundo dados do Dossiê Abrasco. Entre as práticas de cultivo sustentáveis está a agroecologia, um modelo de produção construído com base em conhecimentos sociais milenares para conservar a agrobiodiversidade nos territórios, as culturas, os modos de viver, produzir e comer.

Experimente modos sustentáveis de produzir comida, comer e viver em nossa biblioteca virtual

Sustentabilidade

« »