Comer é um ato político

As práticas alimentares podem influenciar a esfera política na luta por alimentos saudáveis, que sejam bons para o consumo e para todo ecossistema.

 

"Comer é um ato político" - colagem manual por Carolina Amorim
“Comer é um ato político” – colagem manual por Carolina Amorim

Comer é um ato político porque é direito humano. Escolher alimentos frescos, in natura, ou minimamente processados, conhecendo a sua procedência: é agir politicamente. Reconhecer e valorizar o trabalho de pequenos produtores e se posicionar frente à padronização alimentar imposta pelas formas de produção e industrialização que vigoram atualmente no sistema alimentar, é um ato político.

 

Além das escolhas diárias urge saber que as políticas públicas em prol da alimentação adequada e saudável são construídas coletivamente por membros da sociedade civil que lutam por sistemas alimentares mais justos, equitativos e saudáveis para todos.

Mobilize-se em nossa biblioteca virtual

Comer ato político

« »